Carinho

Login

ptenfres

Seja Padrinho

Caro Padrinho

Cara Madrinha

Seja Padrinho

Esta cartilha tem como objectivo passar orientações sobre o seu importante papel na qualidade de Madrinha ou Padrinho SOS. Esperamos que ela seja mais uma fonte para fortalecer o relacionamento existente entre si e o projecto ou  criança das Aldeias Infantis SOS Cabo Verde que você apadrinhou.

1. O que é Apadrinhar?

Apadrinhar consiste fazer em fazer doações monetárias numa base regular direccionado à uma Aldeia, Casa Familiar ou Criança específica. Sendo uma estratégia de captação de fundos, apadrinhar é criar novas oportunidades para o futuro de uma criança ou de uma comunidade.

2. Quem pode ser Padrinho ou Madrinha SOS?

Se é uma pessoa idónea e responsável, preocupada com o bem-estar da criança e da sua comunidade poderá ser um Padrinho ou Madrinha. Sem limites de idade ou sexo, pode apadrinhar projectos ou crianças SOS. Em caso de menores de idade, um responsável deve efectivar o Apadrinhamento, porém em seu nome.

3. Como se tornar Padrinho ou Madrinha SOS?

É fácil. Basta preencher o formulário de Apadrinhamento que lhe é disponibilizado por colaboradores da SOS Cabo Verde ou existente no nosso site institucional www.soscaboverde.org.cv.  Também poderá entrar em contacto connosco através do telefone 2613526 ou pelo e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 4. Quanto custa Apadrinhar?

Você contribui como puder, o quanto puder e pelo tempo que desejar.

5. A sua contribuição faz diferença

A Contribuição do(a) Padrinho/Madrinha SOS apoia a organização com as despesas correntes do funcionamento das aldeias, garantindo assim a assistência médica e educacional às crianças e jovens, bem como as comunidades beneficiadas

6. Pode conhecer ou visitar o seu afilhado ou aldeia que apoia?

Sim! Você pode acompanhar de perto o desenvolvimento do seu afilhado. Entre em contacto connosco e agende a sua visita. Será um prazer recebê-lo(a).

7. Os seus direitos e deveres

Na qualidade de Madrinha ou Padrinho SOS possui os seguintes DIREITOS:

  • Receber carta de confirmação de sua adesão como Padrinho.
  • Receber um Diploma de reconhecimento como Amigo das Aldeias Infantis SOS e pessoa que contribui para a realização da sua missão.
  • Ser informado sobre as actividades e os planos das Aldeias Infantis SOS pelo menos duas vezes por ano.
  • Receber comprovativo do total das contribuições dadas às Aldeias SOS, até 15 de Março do ano seguinte ao da contribuição.
  • Obter em 72 horas esclarecimentos que tenha solicitado aos serviços de atendimento ao Amigos SOS por via do tel.: 261 3526 ou de Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..
  • Visitar projectos e programas SOS, assim como crianças apadrinhadas. Uma concertação prévia com a Responsável do Apadrinhamento Nacional é necessário, e pode ser feito via Serviços de Atendimento.
  • Ser tratado como parceiro valioso, com respeito e consideração. 

Da mesma forma, DEVERES a seguir descriminados:

  • Respeitar as normas, os princípios e os valores das Aldeias Infantis SOS.
  • Proteger informações da vida íntima das crianças apadrinhadas e de outras crianças de projectos e programas SOS a que tenha tido acesso, mantendo-as em confidencialidade.
  • Honrar os compromissos assumidos perante as Aldeias Infantis SOS, nomeadamente o relativo às contribuições regulares.
  • Participar, sempre que possível, nos eventos SOS para qual tenha sido convidado.
  • Comunicar ao serviço de Apadrinhamento Nacional, através dos serviços de Apoio ao Amigo SOS
  • (Tel.: 261 3526; Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.), qualquer pretensão de suspensão ou cancelamento do apadrinhamento. Essa comunicação deverá ser feita com antecedência de pelo menos um mês, indicando (facultativo) as razões do cancelamento.

8. Vínculos ou responsabilidades de quem Apadrinha

Ao apadrinhar, você não cria vínculos jurídicos com a criança ou Projecto Apadrinhado. Somente terá a responsabilidade de contribuir periodicamente de acordo com os dados por si inseridos na ficha de adesão como Padrinho ou Madrinha SOS e a satisfação de incluir um amigo (a) a mais em sua vida. Caso desejar, poderá visitar a criança ou o projecto apadrinhado. No entanto, você poderá ter um cadastro connosco para facilitar troca de experiências, colocar dúvidas, receber convites de actividades realizadas pela SOS Cabo Vede, … 

9. Testemunhos de quem já apadrinhou

Basilissa Lima, Madrinha SOS desde 2006 diz o seguinte: “Sinto no dever de dar a minha contribuição à causa social no meu país. Por isso aceitei ser Madrinha SOS sem esperar nada em troca.”

10. O que acontece se não pode continuar com o Apadrinhamento

Nada! Ao se tornar Padrinho ou Madrinha de um projecto ou criança SOS, você não assume qualquer compromisso legal. A sua participação é totalmente voluntária e filantrópica.

 

 

Newsletter - Subscreva!

Onde estamos?